“Eles foram e viram onde Jesus morava.”(Jo 1, 39)

A Cultura Vocacional deve ser cultivada a partir do olhar atencioso e terno de Jesus, que atraía os corações e despertava às pessoas para o seu segmento. Alguns escolhidos, especificamente para estarem com Ele e levar a Boa Nova, pois “toda vocação na Igreja tem origem neste olhar compassivo de Jesus.”

Neste sentido, a experiência vocacional de cada pessoa deverá ser compartilhada; falar, proferir testemunhos e rezar sua vocação é uma  maneira de implementar a Cultura Vocacional.

De acordo com o Texto Base, em preparação para o IV Congresso Vocacional, “O testemunho é uma das fontes mais fecundas das Vocações para a Igreja”

Jesus em suas práticas falava do Reino de Deus de forma encantadora e dinâmica, que despertava homens e mulheres. Estes se encontravam inseridos no meio das multidões…

Para bem desenvolver uma cultura Vocacional, é necessário considerar e ter presente as mesmas atitudes do Senhor e Mestre,  com o olhar cuidadoso para com a Comunidade de Fé!

A proposta vocacional deve ser, portanto, clara e aberta à todos, considerando as etapas que perpassam a vida e as escolhas de cada pessoa batizada. No tocante às juventudes, deve-se questionar sempre quem são elas e como se apresentam na atualidade frente às realidades contemporâneas, com suas luzes e trevas, alegrias e tristezas, desafios e esperanças, de modo que haja uma melhor interação, comunicação e linguagem apropriada, de forma que lhes sejam apontados caminhos de seguimento clarificados e entusiasmantes.

Por conseguinte, nossas Comunidades devem ser consideradas como um celeiro a ser cultivado, pois nesta conformidade que na mesma proporção que as vocações forem despertadas, as mesmas estejam engajadas no acompanhamento, levando a amadurecer sempre mais e, assim,  discernir, a ponto de dá uma resposta consciente, livre e segura.

Cada Igreja Local deve ter como atribuição, organizar momentos orantes, atividades missionária, e fazer gestos que expressem seu engajamento nesta dimensão da Cultura Vocacional!

Fonte: Texto Base/ Sagradas Escrituras.

Ir. Liete Rosa/RMNSD – Agosto 2019